Usina

Notícias A- A+

1 de mar. de 2021 Empreendimentos catarinenses celebram 56 anos

As subestações Florianópolis, Ilhota e Jorge Lacerda A, todas da CGT Eletrosul, completam, hoje (01/03), 56 anos de operação comercial. A história destes empreendimentos remonta a um período anterior à criação da empresa, e sua importância está atrelada à relevância do Complexo Termelétrico Jorge Lacerda, cuja construção marcou significativamente a trajetória da companhia.

As três unidades, junto da Subestação Joinville, compunham o complexo inicial da Sociedade Termoelétrica de Capivari (Sotelca), concebida pela União, em 1956, para aproveitamento do carvão mineral da região Sul de Santa Catarina e edificação de uma usina com essa matriz energética em Capivari de Baixo (naquela época, ainda uma localidade do município de Tubarão). 

A intenção era proporcionar ao sistema elétrico uma reserva estratégica, principalmente em períodos de escassez de chuva e em tempos de aceleração do desenvolvimento industrial brasileiro. Tanto as três subestações quanto a primeira etapa da termelétrica foram inauguradas em 1965.

A usina (até então, com 100 MW e outros 132 MW em instalação) e todo o sistema de transmissão da Sotelca (que interligava o Paraná e o Nordeste gaúcho) foram incorporados, no início da década de 1970, pela então denominada Eletrosul, que tinha a missão de aproveitar a vocação termelétrica do Sul do país. O Complexo Termelétrico Jorge Lacerda, no entanto, pertence, atualmente, à Engie.

Subestação Florianópolis

Empreendimento possui 75 MVA de potência própria da CGT Eletrosul (Foto: Evaldo da Silva Filho)

Localizada em São José, na Grande Florianópolis, a unidade possui três transformadores de 25 MVA e outros quatro, de propriedade da Celesc (dois de 30 MVA e dois de 26,7 MVA). Em seu setor de 138 kV, passam as LTs São José Real Parque 2, Biguaçu e Palhoça 1 e 2. Já em 69 kV, tem-se as linhas Coqueiros e Angelina Usina Garcia. 

Todos os circuitos, com exceção de Palhoça 1 e 2, da CGT Eletrosul, pertencem à Celesc. A subestação é mantida pelo Setor de Manutenção Centralizada da Regional de Santa Catarina e telecontrolada pelo Centro Regional de Operação de Blumenau, ambos da CGT Eletrosul.

Subestação Ilhota

Importante conexão energética no Vale do Itajaí (Foto: Evaldo da Silva Filho)

Situada no município de mesmo nome, o empreendimento conta com dois transformadores, somando 100 MVA de potência instalada, além de dois compensadores síncronos de 20 MVAr cada. Por ela, passam as linhas de transmissão Gaspar, Blumenau, Itajaí 1 e 2, Piçarras e Araquari Hyosung (138 kV), da CGT Eletrosul; e Itajaí Salseiros 1 e 2 (69 kV), da Celesc. 

O Setor de Manutenção Centralizada da Regional de Santa Catarina é responsável pelos serviços na unidade, e seu telecontrole também fica a cargo do Centro Regional de Operação de Blumenau.

Subestação Jorge Lacerda A

Relevante na história da transmissão de energia em Santa Catarina (Foto: Anisio Borges)

O empreendimento fica em Capivari de Baixo. No total, são seis transformadores – dois de 79,4 MVA, dois de 83 MVA, um de 25 MVA e um de 50 MVA. A subestação se conecta ao Sistema Interligado Nacional (SIN) através de 16 linhas, com responsabilidade operativa de diferentes empresas.

  • 230 kV - UT Jorge Lacerda A 4, 5 e 6 (Engie) e Jorge Lacerda B 1 e 2 (CGT Eletrosul); 
  • 138 kV - UT Jorge Lacerda A 1, 2 e 3 (Engie), Orleans, Bom Jardim da Serra (Celesc), Imbituba e Palhoça (CGT Eletrosul);
  • 69 kV - Tubarão 1, 2 e 3 (Celesc) e Usina Eólica Tubarão (Engie). 

Até 1979, após sua incorporação pela então Eletrosul, a Subestação Jorge Lacerda A, assim como a própria termelétrica, recebia o nome de Sotelca. A unidade é mantida pelo Centro Regional de Manutenção e Apoio à Operação da CGT Eletrosul, de Capivari de Baixo (SC), e telecontrolada pelo Centro Regional de Operação de Blumenau.


Assessoria de Imprensa | CGT Eletrosul

(48) 3231-7588 | imprensa@cgteletrosul.gov.br

voltar        topo da página

CGT Eletrosul
Rua Deputado Antônio Edu Vieira, 999 - Pantanal - Florianópolis - SC.
Telefone: (48) 3231-7000
  • Siga-nos pelo Facebook
  • Siga-nos pelo Twitter
  • Siga-nos pelo Youtube
  • Siga-nos pelo Instagram
  • Siga-nos pelo Youtube