Torres

Destaque A- A+

01/01/2022 Termelétrica Candiota completa 11 anos

No dia 1º de janeiro, a Termelétrica Candiota III completou 11 anos de operação comercial. Com 350 MW de capacidade instalada, a usina está localizada em Candiota (RS), no Sul do Estado. Na região, estão disponíveis 38% das reservas brasileiras de carvão mineral.

Em razão disso, a termelétrica da CGT Eletrosul conta com um rigoroso e moderno sistema de controle de emissões, estando ambientalmente adequada, atendendo todos os parâmetros estabelecidos em sua licença de operação.

A CGT Eletrosul comercializa a energia produzida pela UTE Candiota, no Ambiente Regulado, sendo a termelétrica brasileira que possui um dos menores Custo Variável Unitário. Desse modo, contribui para geração de energia firme, reforçando a confiabilidade do abastecimento e sendo indutora do desenvolvimento nacional, a partir da viabilização de emprego e renda para a região.

A termelétrica tem função estratégica, uma vez que contribui para o Sistema Interligado Nacional, com fonte de geração de energia estável, auxilia no controle de tensão da rede de transmissão da região e na operação segura da segunda interligação Brasil – Uruguai. O empreendimento, da CGT Eletrosul, se conecta ao SIN por meio da Subestação Presidente Médici, da CEEE - T, em 230 kV. A usina é controlada por Centros de Operação instalados na própria unidade, em Candiota.

Entre dezembro de 2018 e março de 2019, a unidade passou por ampla revisão dos seus processos e foi completamente modernizada. Hoje, sua eficiência energética supera os 35%, sendo a segunda usina a carvão mineral nacional mais eficiente no Brasil.

MANUTENÇÃO
Durante o mês de janeiro, será realizada a manutenção preventiva anual da usina, com duração prevista de 30 dias. O investimento estimado é de R$ 49 milhões. O serviço contará com a participação de aproximadamente 800 profissionais (diretos e terceirizados). Um dos objetivos da parada técnica é garantir o funcionamento pleno da UTE Candiota e, com isso, o atendimento dos seus contratos de comercialização de energia e dos parâmetros ambientais para ela definidos.

MONITORAMENTO DAS EMISSÕES
A CGT Eletrosul monitora de forma contínua as emissões atmosféricas na saída da chaminé da UTE Candiota III. Possui ainda três estações de monitoramento da qualidade do ar, distribuídas estrategicamente na cidade, com medições registradas a cada hora. Todos os dados são transmitidos de forma online em tempo real para o Ibama.

Para o controle das emissões atmosféricas e efluentes líquidos, a termelétrica é equipada com queimadores de baixa emissão de óxidos de nitrogênio, dois filtros eletrostáticos e um sistema de dessulfurização de gases, além de duas plantas de reaproveitamento de efluentes, sanitário e industrial, bacias de contenção e tratamento de efluentes pluviais e sistema de reaproveitamento de efluentes líquidos.

O empreendimento opera em conformidade com a Política Ambiental, a Política de Sustentabilidade e a Declaração de Compromisso sobre Mudanças Climáticas das Empresas Eletrobras. 

 

 

voltar        topo da página

CGT Eletrosul
Rua Deputado Antônio Edu Vieira, 999 - Pantanal - Florianópolis - SC.
Telefone: (48) 3231-7000
  • Siga-nos pelo Facebook
  • Siga-nos pelo Twitter
  • Siga-nos pelo Youtube
  • Siga-nos pelo Instagram
  • Siga-nos pelo Youtube